Tartaruga é resgatada, mas morre em praia de SC

Compartilhe:

16/11/2010 - Terra

Uma tartaruga verde da espécie Chelonia mydas foi encontrada na areia da praia de Bombas, em Bombinhas (SC), no final da manhã desta segunda-feira (15). "Ela atraiu a atenção dos turistas que passavam o feriado na cidade", conta o morador Fabrício Jachowicz. O animal chegou a ser resgatado pelo salva vidas que trabalhava no local, mas não resistiu e acabou morrendo.

Tartaruga verde foi encontrada na areia da praia de Bombas, em Bombinhas (SC), na manhã de segunda
© Fabrício Jachowicz

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a suspeita é de que a tartaruga tenha morrido sufocada após engolir algum objeto plástico. A poluição das águas por elementos orgânicos e inorgânicos é prejudicial ao ciclo de vida das tartarugas.

Segundo Camila Trentin Cegoni, gestora do Centro de Visitante do Projeto Tamar de Florianópolis, cerca de 20 tartarugas - que chegaram até a base da capital catarinense desde o início deste ano - apresentaram interação direta com o lixo. "Muitos animais chegam já mortos e em estado de decomposição, sendo difícil identificar a causa mortis", afirma.

A base do Projeto Tamar em Florianópolis foi instalada em 2005 com o objetivo de minimizar os efeitos predatórios da pesca de tartarugas na região. No entanto, o local também realiza um trabalho de conscientização e educação ambiental de visitantes, comunidades e pescadores. "A base de Florianópolis possui o centro de visitantes, local onde se trabalha a educação ambiental e sensibilização. Atendemos cerca de quatro escolas por dia, desde pré-escola até o ensino superior", explica Camila.
.