Califórnia declara estado de emergência por destroços de tsunami

Compartilhe:

12/04/2011 - EFE

O governador da Califórnia, Jerry Brown, declarou estado de emergência nesta sexta-feira para os quatro condados do norte do estado que foram afetados pelo tsunami do Pacífico, cujo impacto deixou uma pessoa desaparecida e vários destroços em portos e praias.

O maremoto originado pelo terremoto de magnitude 8,9 que atingiu o nordeste da ilha japonesa de Honsu causou inundações nas regiões litorâneas mais expostas à força do mar, incluindo o Havaí e pontos do Oregon e da Califórnia.

Uma das localidades mais afetadas pela onda foi Crescent City, situada em uma baía do Condado do Norte conhecida por ser vulnerável aos tsunamis. O porto da cidade ficou destruído pela maré e as embarcações sofreram grandes danos, ocorrendo o mesmo em alguns edifícios. Uma pessoa foi arrastada pela água e está desaparecida. Além disso, vários moradores precisaram ser evacuados pelas autoridades.

A declaração de emergência do governador Brown vale para o Condado do Norte, Humboldt, San Mateo e Santa Cruz, que poderão usar recursos estatais para fazer frente aos destroços e às necessidades da população. As autoridades mantêm o alerta diante da previsão de que a maré alta produza novos aumentos do nível do mar.

O Havaí também sentiu os efeitos do tsunami na manhã desta sexta-feira e alguns pontos de Big Island e Maui sofreram inundações quando ondas de dois metros de altura atingiram a costa. No Oregon, quatro pessoas ficaram feridas depois de serem arrastadas pela maré.

Confira a simulação por computador da dispersão dos destroços no Giro do Pacífico Norte:

.