Petrobras fecha poço após acidente na Bacia de Santos

Compartilhe:

31/01/2012 - G1

Poço explora pré-sal; já está fechado e seguro, diz empresa. Estimativa aponta a possibilidade de terem vazado 160 barris de petróleo.

A Petrobras informou nesta terça-feira (31) que fechou um poço depois de detectar por volta das 8h30 um rompimento na coluna de produção do navio-plataforma FPWSO Dynamic Producer, que está localizado na Bacia de Santos, a cerca de 300 quilômetros da costa do estado de São Paulo, a uma profundidade de 2.140 metros.

De acordo com nota, o poço produz para o Teste de Longa Duração (TLD) de Carioca Nordeste, no pré-sal da Bacia de Santos.

"Uma estimativa preliminar aponta a possibilidade de terem vazado 160 barris de petróleo. Não há possibilidade do petróleo chegar à costa brasileira", informou a estatal em nota. Ainda de acordo com a empresa, o sistema de segurança fechou automaticamente o poço após o rompimento. "O poço encontra-se fechado e em condições seguras".

Segundo o comunicado, as causas do acidente estão sendo investigadas e a empresa já comunicou o fato à Marinha do Brasil, ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) e à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Por telefone, o G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da ANP, da Marinha e do Ibama e aguarda retorno.

"O poço encontrava-se em produção com um sistema de monitoramento e registro contínuo", informou nota.

"A Petrobras acionou imediatamente o seu Plano de Emergência. Foram mobilizados todos os recursos necessários para o recolhimento do petróleo no mar e do petróleo residual da parte superior da coluna", informou a empresa.

Em novembro do ano passado, um incidente ocorrido durante a perfuração de um poço de petróleo pela petroleira Chevron resultou no vazamento de aproximadamente 2.400 barris de petróleo no campo de Frade, na bacia de Campos.
.