Conscientização ambiental e aula prática diferenciada marcam trote ecológico da Unisanta em Guarujá

Compartilhe:


16/02/2012 - Christian Miranda / Assecom Unisanta

O tempo chuvoso na manhã do último sábado, dia 11, e a chegada de uma frente fria não foram obstáculos para que cerca de 30 calouros e veteranos do curso de Ciências Biológicas (Biologia Marinha) da Universidade Santa Cecília – Unisanta participassem de mais uma ação do Trote Solidário e Ecológico da Instituição. A atividade foi organizada pelo Instituto Ecofaxina, também composto por ex-alunos e alunos de Biologia Marinha.

O grupo embarcou na escuna que saiu da Ponte Edgard Perdigão, na Ponta da Praia, em Santos, em direção ao Saco do Major, em Guarujá. Na bagagem, máscara, snorkel e nadadeiras para fazer um mergulho livre e observar organismos marinhos, além de realizar o principal objetivo da ação: fazer uma limpeza subaquática e costeira com a participação de dez mergulhadores credenciados, acompanhados por instrutores da escola de mergulho MarSub.

“Com certeza foi um dia especial e um trote totalmente diferente para os calouros de Biologia Marinha, que puderam conhecer um pouco da ecologia da nossa região, ter o primeiro contato com o mergulho livre e autônomo, e contribuir, principalmente, para a limpeza da baía, firmando a ideia de responsabilidade ambiental”, afirmou William Schepis, presidente do Ecofaxina.

*Os resíduos foram transportados para Santos onde foram identificados, pesados e depositados em uma lixeira para materiais recicláveis na Ponte Edgard Perdigão. No total foram coletados 36 quilos de resíduos, compostos por embalagens plásticas e uma corda de embarcação.

A atividade teve apoio da Sabesp.

Sobre o Ecofaxina – Fundado em outubro de 2008, o Instituto já retirou várias toneladas de lixo do estuário. Além da limpeza do meio ambiente, o grupo realiza monitoramento e educação ambiental por meio de ações desenvolvidas com a ajuda de voluntários, buscando ainda promover o bem-estar social, o resgate da auto-estima e a geração de renda nas comunidades participantes.

De acordo com Schepis, uma das principais metas a serem alcançadas é “reverter o quadro de degradação ambiental, atuando em parceria com as comunidades residentes em áreas ecológicas”.

Clique aqui para ver mais imagens do Trote Ecológico.

*Agradecimentos especiais: Sabesp, MarSub Santos, Project AWARE Foundation, D.A. de Biologia Marinha Unisanta, Terracom e Prefeitura de Santos.

*Editado por Instituto EcoFaxina. Fotos: Daniel Carlos Pastor
.