Para especialistas, Rio+20 precisa discutir o saneamento básico

Compartilhe:

22/05/2012 - Globo Ecologia

Reunião sobre "Cidades Sustentáveis e Inovação", nos Diálogos sobre Desenvolvimento Sustentável - Rio+20, já tem alguns nomes confirmados.

O Objetivo do Milênio de reduzir pela metade a parcela da população sem saneamento básico até 2015 ainda está longe de ser alcançado. No entanto, esse não será um dos eixos temáticos na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável - Rio+20. O assunto, de grande importância de acordo com especialistas, deverá ser discutido dentro do tema “Cidades Sustentáveis e Inovação”.

Saneamento básico entrará no tema "Cidades Sustentáveis e Inovações"
Foto: Instituto EcoFaxina
“É impossível pensar em Desenvolvimento Sustentável sem pensar em como resolver os problemas da falta de saneamento básico nos países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento”, afirma Édison Carlos, presidente-executivo do Instituto Trata Brasil. “Um país não conseguirá atingir metas sustentáveis tendo falta destes serviços que deveriam ser básicos. Essa deveria ser uma das premissas mais relevantes da Rio+20.”, completa.

O Secretário Nacional de Saneamento Ambiental do Ministério das Cidades (MinCidades), Leodegar da Cunha Tiscoski, também vê a questão como de grande importância para ser discutida na Conferência. “O Brasil investe muito em coleta, mas pouco em tratamento de esgoto”, observa.

Nos Diálogos para o Desenvolvimento Sustentável, que acontecerão de 16 a 19 de junho, já foram confirmados os seguintes participantes para a reunião de “Cidades Sustentáveis e Inovação”:

• André Trigueiro (Brasil) – Âncora - Jornalista da TV Globo e professor da PUC/Rio;
• Jaime Lerner (Brasil) - Político, arquiteto e urbanista. Ex-prefeito de Curitiba e ex-governador do Paraná;
• Shigeru Ban (Japão) - Arquiteto. Especialista em soluções tecnologicamente inovadoras e de fácil construção;
• Alejandro Aravena (Chile) – Arquiteto. Professor da Universidade Católica do Chile;
• David Cadman (Canadá) - Presidente do ICLEI - International Council for Local Environmental Initiatives;
• Enrique Ortiz (México) - Arquiteto e urbanista. Ex-presidente da Habitat International Coalition – HIC, rede de assessoria a movimentos sociais de luta pelo direito à moradia;
• Janice Perlman (EUA) - Presidente, Mega Cities Project;
• Oded Grajew (Brasil) - Conselheiro, CDES. Presidente Emérito e Membro, Conselho Deliberativo do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social;
• Nawal Al-Hosany (Emirados Árabes Unidos) - Diretora de Sustentabilidade, Masdar. Diretora, Zayed Future Energy Prize.
.