Caminhão tanque tomba e óleo diesel atinge a praia de Maresias

Compartilhe:


07/09/2012 - Márcio Rodrigues / G1

Despejo no mar pode ser um dos maiores desastres ambientais da cidade. Informação foi confirmada por Eduardo Hipólito, da pasta de Meio Ambiente.

O secretário de Meio Ambiente de São Sebastião, Eduardo Hipólito, confirmou em entrevista ao G1, por telefone, que o vazamento de óleo diesel que atinge a Praia de Maresias nesta sexta-feira (7) é um dos maiores desastres ambientais da cidade nas últimas décadas. De acordo com a Defesa Civil foram 15 mil litros despejados.

Motorista perde controle de caminhão, bate em poste e tomba na Rio-Santos
Crédito: Jorge Mesquita/Imprensa Livre

Segundo Hipólito, o pior registro de catástrofe ambiental ocorreu na cidade em maio de 1993, quando 2,7 milhões de litros de óleo vazaram após o rompimento de um oleoduto. Foram quase dois meses de trabalho para conter o vazamento. Ainda segundo o secretário, o último desastre ambiental na cidade ocorreu em fevereiro de 2004 no Rio Guaecá, mas teve proporções menores.

De acordo com o secretário, o óleo diesel que se derramou após o acidente caiu em um dreno, passou por vários córregos e foi direto para o mar sem nenhum tipo de contenção.

Como o produto tem um alto poder de dispersão, seu controle é mais complexo de ser feito. “Ao contrário do petróleo que deixa uma mancha preta na água, o óleo diesel é muito fino e você não vê, ele some. Com o grande movimento de banhistas e com a ajuda dos ventos ele vai se espalhando pelo mar. A contaminação estaria chegando nas águas de Paúba”, disse.

Eduardo disse ainda, que, a contaminação teria afetado gravemente pequenos córregos onde as águas ficam represadas, dentre eles o Água da Saúde, causando a mortalidade de muitos peixes. “Estamos pedindo para que o trabalho de contenção seja maior nesses pontos, onde nos informaram que há mais concentração de óleo diesel, para evitar que mais quantidade do produto vá para o mar”, afirmou.

Multas e cuidados

Hipólito afirmou ainda que pelo menos duas multas serão aplicadas, pois a contaminação afetou dois tipos de ecossistema: o mar e toda a região que leva a água ao oceano. A Defesa Civil e a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) foram acionados. Os trabalhos devem seguir durante o fim de semana e a próxima.

Vazamento de óleo diesel atinge a praia de Maresias
Crédito: Divulgação/Prefeitura de São Sebastião

O secretário reforça os cuidados para que os banhistas evitem o contato com a água, já que 30% da costa já teria sido atingida. "A nossa preocupação é que essa praia é muito movimentada por turistas e especialmente surfistas. Como não dá para ver o óleo só é possível saber quando se tem contato com a água, principalmente pelo cheiro. Porém, o contato prolongado pode ser nocivo aos olhos e à pele", contou Hipólito.

Outro lado

Procurada pela reportagem do G1 a Petrobras informou, por meio de nota, que não foi constatado dano ao meio ambiente e que uma equipe está atuando para completa recuperação da área. Confira abaixo a íntegra da nota:

A Petrobras Distribuidora informa que acionou o Centro de Defesa Ambiental (CDA) do Sistema Petrobras em auxílio aos recursos mobilizados pela Cooperativa de Transportes Rodoviários do ABC, proprietária do caminhão-tanque que tombou ontem (6/9/12), na serra de Boiçucanga, em Maresias.

O combustível (óleo diesel) foi retirado da estrada e acostamento por material absorvente (mantas) e também contido por oito barreiras instaladas ao longo do curso d'água próximo à rodovia SP-55.

As equipes trabalham do local do tombamento até um ponto a cerca de 200 metros da praia de Maresias, sendo que não foi evidenciado danos ambientais à região.

O CDA ainda está mobilizado, atuando em consonância com o órgão ambiental e demais autoridades. A Petrobras Distribuidora afirma que as equipes de contingência somente serão desmobilizadas após a completa recuperação da área.

A BR informa, ainda, que o veículo saiu do Terminal de Cubatão transportando 15 mil litros de óleo diesel, que seriam levados para clientes na cidade Ubatuba.
.