Coca-Cola congela sua garrafinha centenária

Compartilhe:

11/07/2013

Embalagem criada em 1916 ganha versão de gelo em comercial filmado na praia de Cartagena

Garrafa de gelo Coca-Cola

A famosa garrafa da Coca-Cola, patenteada em 1916 e símbolo do refrigerante mais consumido no mundo, ganhou uma versão de gelo em uma ação promocional nas praias da Colômbia.

Um filme divulgado para promover a novidade mostra banhistas na praia de Cartagena desfrutando o refrigerante em embalagens congeladas.

A campanha foi feita para o lançamento de suportes de plástico que ajudam a proteger os dedos dos consumidores e impedem a transferência de calor das mãos para a garrafa.

No filme, as garrafas de gelo são mostradas como uma solução ecológica. Além de conservarem a baixa temperatura da bebida, elas derretem e não deixam nem vestígio.

Mesmo que fossem produzidas em larga escala, as garrafinhas de gelo não seriam tão eficientes do ponto de vista ambiental como diz a Coca-Cola. Segundo reportagem do jornal americano Daily Mail, para produzir e manter a embalagem de gelo, a empresa poderá gastar muito mais energia.

O site Foodbeast questionou a higiene do novo produto. De acordo com os comentários de uma blogueira, o recipiente de gelo poderia ser prejudicial para os consumidores, ao absorver germes e sujeiras do ambiente.

A ação da Coca-Cola também não foi muito bem recebida pelos apreciadores mais fanáticos do refrigerante. Alguns deles alertaram que a bebida pode ficar aguada à medida que o gelo se derrete.

De acordo com a Coca-Cola, a novidade fez sucesso nas praias da Colômbia, onde comerciantes conseguiram vender até 265 garrafas por hora. Elas foram fabricadas em formas de silicone, levadas à temperatura de - 25°C.


Fonte: Sílvia Volpini / O Estado de S.Paulo