"Manifestação por um mar sem lixo" promete lotar avenida da praia em Santos para dar voz aos animais marinhos

Compartilhe:

11/09/2013

O 28º Dia Internacional de Limpeza Costeira está chegando, e desta vez, ao invés de organizar mais uma ação voluntária, a trigésima nona, o Instituto EcoFaxina decidiu reunir as entidades ambientais e a sociedade santista para uma grande manifestação pública contra a poluição marinha no estuário de Santos.

Estamos substituindo a vida marinha por plástico!

Amigos do mar, chegou a hora de darmos voz aos animais marinhos e alertarmos a sociedade sobre a importância de adquirirmos hábitos sustentáveis para que possamos acabar com o sofrimento e a morte diária desses seres vivos. Queremos 100% reciclagem. Por um mar sem lixo!

No sábado (21/09) iremos todos nos concentrar a partir das 9 horas atrás do Aquário Municipal de Santos, onde as entidades ambientais e a equipe de educação ambiental do Aquário Municipal se organizarão em tendas para promover atividades, informar e mobilizar a população através de fotografias, banners, animais marinhos, jogos educacionais e oficina de desenhos.

COLETA DE RESÍDUOS

Logo cedo, às 8 horas, um grupo de remadores partirá em direção às praias do Cheira Limão, Sangava e Saco do Major para a coleta de resíduos. Às 9 horas outro grupo realizará uma coleta de microlixo na praia do canal 5 até a Ponta da Praia com voluntários do Instituto Mar Azul e crianças de escolas da região. Às 11:30 os grupos retornarão com os resíduos coletados para o Aquário Municipal onde os materiais serão separados e pesados.


MANIFESTAÇÃO POR UM MAR SEM LIXO

Cartaz da Manifestação pública por um mar sem lixo
Às 15 horas partiremos em caminhada, acompanhados pela CET e a Polícia Militar, pela avenida da praia, até o Parque Roberto Mário Santini (emissário submarino), onde o público presente participará de um ato simbólico, com a colocação de 365 cruzes pretas de papelão nas areias do José Menino, onde todos estarão utilizando vendas pretas.

Tal ato simbolizará o sofrimento e a morte dos animais marinhos, e a sociedade de "olhos vendados" para essa atrocidade.

COMPAREÇA!!! Traga seus cartazes! Convide a sua família e seus amig@s!

Confirme a sua participação através da página de contato do blog, ou através da nossa página de eventos no Facebook.

ATENÇÃO: A MANIFESTAÇÃO SERÁ RESTRITA APENAS À CAUSA "POLUIÇÃO MARINHA". NÃO SERÃO PERMITIDOS PROTESTOS LIGADOS A OUTRAS CAUSAS!

FIQUE ATENTO: CONCENTRAÇÃO A PARTIR DAS 9 HORAS NA SAÍDA DO AQUÁRIO MUNICIPAL. INÍCIO DA PASSEATA ÀS 15 HORAS SENTIDO EMISSÁRIO SUBMARINO.

APOIADORES: Associação Caiçara de Canoagem, Associação de Carveboard das Ilhas Porchat e São Vicente, Associação dos Moradores do Mangue Seco e Butantã, Casa Branca Idiomas, Casa Branca School, Casamar, CET Santos, Colégio Ômega, Diretório Acadêmico da Biologia Marinha Unisanta, Escola de Mergulho MARSUB, Huber Arte Marinha, Instituto EcoFaxina, Instituto Laje Viva, Instituto Mar Azul, Juneca Assessoria, Kaiporah Esportes de Aventura, Mahalo Kai, OAB Santos, ONG Amigos da Água, Polícia Militar, Prefeitura de Santos, SOS Mata Atlântica, Surfrecycle, Terracom, Unisat Educacional, Universidade Metropolitana de Santos, Universidade Santa Cecília e Viimo Publicidade e Propaganda.

VOCÊ SABIA?!

O plástico na natureza é cruel com os animais
- Cerca de 80% do lixo nos nossos oceanos e cursos d'água vem de terra - através do vento e de enxurradas de ruas e estradas. Os outros 20% são lançados de navios e embarcações de pesca.
- Quase 90% de todos os detritos marinhos é formado por plástico. Escalarmente, supera o zooplâncton em 6:1 em algumas regiões.
- Estima-se que 46.000 pedaços de plástico flutuem em cada milha quadrada de oceano, sendo que 70% vai parar no fundo.
- Uma pessoa utiliza em média cerca de 120 quilos de plástico por ano.
- Os plásticos não são biodegradáveis, se mantém ao longo de séculos no meio ambiente, decompondo-se lentamente em pequenos fragmentos e por último em pó.
- Estima-se que 100.000 mamíferos e tartarugas-marinhas morrem anualmente por causa da poluição marinha.
- Cerca de 300 espécies da fauna silvestre marinha sofrem desnecessariamente os efeitos da poluição - emaranhamento, sufocamento, afogamento, obstrução do trato digestório e inanição.
- Estimativas apontam que mais de 1 milhão de aves marinhas morrem a cada ano em consequência da poluição por plástico.
- 86% de todas as tartarugas marinhas são afetadas por detritos lançados ao mar.

#AnimaisComemPlástico
#ReduzaReutilizeRecicle