Manguezal recebe a 42ª Ação Voluntária EcoFaxina no próximo domingo, em Santos

Compartilhe:

21/01/2014 

No aniversário de 468 anos da cidade, voluntários dão de presente uma ação de limpeza e conscientização em comunidade de palafitas, na Zona Noroeste

Favela de palafitas no estuário de Santos. Animais marinhos como aves e tartarugas confundem lixo com alimento e morrem após ingeri-lo. Foto: William Rodriguez Schepis / Instituto EcoFaxina

A comunidade do Mangue Seco e Butantã, no bairro do Bom Retiro, em Santos, recebe no próximo domingo (26/01) a 42ª Ação Voluntária EcoFaxina, das 9 às 16 horas. O objetivo é recolher parte do lixo descartado no manguezal e conscientizar a população sobre os problemas causados por esse descarte.

Segundo William Rodriguez Schepis, biólogo marinho e fundador do Instituto EcoFaxina, ONG que promove a ação voluntária, esse lixo é o mesmo que os surfistas e banhistas encontram nas praias da região. “Quando a maré enche, o lixo boia e é levado pela correnteza até as praias”, explica.

Praia de Itaquitanduva, em São Vicente. Grande parte do lixo descartado no estuário de Santos é transportado pela maré e por correntes marinhas. Foto: William Rodriguez Schepis / Instituto EcoFaxina

Schepis ressalta ainda que além dos desconforto para moradores e turistas, o lixo também é responsável pela morte de animais marinhos, colocando em risco o ecossistema da região, já bastante prejudicado. “Os animais muitas vezes não sabem diferenciar plástico de alimento”, alerta.

A maioria dos voluntários é composta por estudantes de biologia e simpatizantes do público em geral, que se preocupam com a preservação do meio ambiente. Eles se reúnem em frente à Universidade Santa Cecília, às 8 horas e vão de ônibus até o local. Ao término do evento, o material é pesado, catalogado e encaminhado para reciclagem.

O Instituto EcoFaxina foi criado em 2008 e desde então já retirou cerca 26,3 toneladas de lixo em 41 ações voluntárias que foram realizadas em vários pontos da baía e do estuário de Santos e São Vicente.

Cartaz da 42ª Ação Voluntária EcoFaxina. Clique para ampliar.
A 42ª Ação Voluntária EcoFaxina, assim como outras duas que ocorrerão até março, faz parte da campanha T.O.P. Skol – Transtorno Obsessivo por Praia, que selecionou seis projetos que geram melhorias diretas na qualidade das praias brasileiras.

O que levar - É aconselhado o uso de roupas leves e mochila com lanche, caneca/squeeze, protetor solar, repelente, máquina fotográfica, etc. O uso de tênis é obrigatório para todos os voluntários. Serão fornecidas luvas, botas, coletes de identificação, lanches e certificados de participação a todos os voluntários.

Próximas ações - A 43ª Ação Voluntária EcoFaxina será no dia 16 de fevereiro, na praia Saco do Major, no Guarujá, próximo à Ilha das Palmas, local que acumula muitos resíduos descartados no estuário. A 44ª Ação Voluntária EcoFaxina retorna à comunidade do Mangue Seco e Butantã, no Bairro do Bom Retiro.

Confirme a sua presença na fanpage da ONG no Facebook:

Para saber mais sobre a ação do próximo dia 26/01, entre em contato com William Rodriguez Schepis pelo telefone (13) 3301-2391.


Fotos: William Rodriguez Schepis / Instituto EcoFaxina