Trote promoverá confraternização consciente entre calouros, neste sábado (28)

Compartilhe:

24/02/2015 

Em sua sexta edição, o Trote Ecológico EcoFaxina reunirá calouros das faculdades de Biologia Marinha, da Universidade Santa Cecília - Unisanta e Ciências do Mar, da Universidade Federal de São Paulo - Unifesp, em mais uma Ação Voluntária EcoFaxina.

Calouros curtindo o visual à bordo da escuna em durante o Trote Ecológico EcoFaxina 2014
Calouros curtindo o visual à bordo da escuna em durante o Trote Ecológico EcoFaxina 2014.

Neste sábado (28), os calouros partirão às 9 horas de Santos em uma escuna até a praia do Saco do Major e passarão por um trote diferente, onde ovos, tintas e moedas em semáforos são substituídos por coletes, luvas e sacos em uma bela praia com acesso somente por trilha ou mar, na região da Cabeça do Dragão, em Guarujá, que lamentavelmente, acumula grande quantidade de plástico que sai do estuário de Santos.

Calouros coletam plástico na praia do Saco do Major durante o Trote Ecológico EcoFaxina 2013. Fragmentos e pequenos objetos de plástico, como tampinhas de garrafas PET, são frequentemente ingeridos por diversas espécies de animais marinhos que os confundem com alimentos.
Calouros coletam plástico na praia do Saco do Major durante o Trote Ecológico EcoFaxina 2013. Fragmentos e pequenos objetos de plástico, como tampinhas de garrafas PET, são frequentemente ingeridos por diversas espécies de animais marinhos que os confundem com alimentos.

Após darem um trato na praia, pesarem e embarcarem os resíduos, os calouros terão a oportunidade de praticar algumas atividades de pesquisa, como análise de parâmetros físico-químicos da água, coleta de plâncton e sedimento, observação de aspectos ecológicos e morfodinâmicos da praia, além de se familiarizarem com as práticas de mergulho livre e autônomo, necessárias em boa parte das pesquisas.

Calouros transportando os resíduos até a escuna ao final do Trote Ecológico EcoFaxina 2014
Calouros transportando os resíduos até a escuna ao final do Trote Ecológico EcoFaxina 2014.

Ao término das atividades a escuna retornará a Santos para o desembarque e destinação correta dos resíduos. Como grande parte do plástico fica exposta aos raios UV por longos períodos, sofrendo fotodegradação, a sua reciclagem se torna inviável, sendo necessário o encaminhamento para o aterro sanitário pela empresa de limpeza urbana. Parte dos resíduos coletados nas ações são integrados ao acervo do Instituto EcoFaxina. Esta será a 57ª Ação Voluntária EcoFaxina.

Gravando!

Nesta edição os calouros terão a companhia de uma equipe do Canal Off, que fará imagens para o Coletivo Off, uma iniciativa do canal em prol do desenvolvimento sustentável, através de personagens autênticos, ideias inovadoras, projetos simples e pequenas ações do dia a dia que podem informar, sensibilizar e influenciar pessoas.


Navegar é preciso, e acampar com amigos também!

Após o desembarque dos resíduos, os alunos que optarem por prolongar a confraternização seguirão à bordo da escuna até a Prainha Branca, na região do Rabo do Dragão. Ao chegar, o grupo montará as barracas em um camping com chuveiro elétrico. No domingo as atividades serão livres, com  grupo retornando de ônibus para Santos por volta das 17 horas.

A Prainha Branca abriga uma comunidade caiçara e está localizada na APA Serra do Guararú, o maior conjunto remanescente de Mata Atlântica na Ilha de Santo Amaro, com restingas e mangues preservados. O acesso se dá somente por trilha ou mar.
A Prainha Branca abriga uma antiga comunidade caiçara e está localizada na APA Serra do Guararú, o maior conjunto remanescente de Mata Atlântica na Ilha de Santo Amaro, com restingas e mangues preservados. O acesso se dá somente por trilha ou mar.

Bora mar!

Banner divulgação
Para reservar vaga e embarcar no trote o calouro deve entrar em contato com o diretório acadêmico da sua faculdade.

O que levar?


Para o trote, o calouro deve levar mochila, com roupa de banho, toalha, lanche, caneca, protetor solar, óculos de sol e máquina fotográfica. Mascara de mergulho e nadadeiras são opcionais.

Quem seguir para a Prainha Branca deverá dividir ou levar uma barraca, equipamentos de camping, repelente e dinheiro para o camping - na faixa de R$ 20,00 por pessoa - e para alimentação. Instrumento musical e prancha de surf são opcionais.

* Não será permitido o embarque de bebidas alcoólicas na escuna.

Ponto de encontro

A escuna partirá às 9 horas da Ponte Edgard Perdigão - terminal de passageiros - na Av. Alm. Saldanha da Gama, em frente ao Clube de Regatas Saldanha da Gama, na Ponta da Praia. Clique aqui para ver o mapa