top of page
Buscar

Sete colaboradoras da Amdocs retiram quase 2,3 mil resíduos da Praia do Tombo, em Guarujá

As meninas superpoderosas da empresa israelense saíram de São Paulo e desceram a serra, rumo à Baixada Santista no dia 16 de junho, para um mutirão de limpeza de praia em parceria com o Instituto EcoFaxina.


Depois de uma semana de chuva, o sol voltou a brilhar, o que foi uma recepção à altura das queridas colaboradoras da Amdocs, que se mantiveram firmes e entusiasmadas em fazer parte do mutirão de limpeza na Praia do Tombo, em Guarujá.



Juliana Alves, analista de recursos humanos, manteve o sorriso no rosto o tempo todo, e falou sobre sua percepção, "participar da ação com o EcoFaxina foi maravilhoso! Desde a nossa chegada na praia foi tudo muito bem organizado e a recepção super calorosa. Recebemos tantas informações importantes sobre a questão da poluição dos mares e como cada um pode ajudar a fazer a diferença para isso mudar. Agradeço a oportunidade de ter feito parte e de conhecer pessoas engajadas a arregaçar as mangas e fazer o seu melhor".



Toda ação voluntária é especial para o Instituto EcoFaxina, e cada uma traz consigo aprendizados e novas vivências para nós e aos participantes!


A gerente de recursos humanos no Brasil e na Argentina, Paula Fernandez, está na empresa há 10 anos. Ela nos contou que a Amdocs se preocupa muito com a sustentabilidade e já promoveu diversas ações, mas esta, em especial, foi muito gratificante.


"Este mutirão é de uma importância gigantesca, porque a hora que não tivermos mais vida em nossos oceanos, não haverá vida para nós também. Acho o trabalho desta ONG maravilhoso, as pessoas que participaram voltaram completamente energizadas, e a grande quantidade de material retirado teve um destino correto. Eu vou divulgar o máximo possível, porque este trabalho tem que ganhar uma estrutura mais forte, obviamente, que precisaríamos que as prefeituras, o governo como um todo fizesse também a sua parte. Falei do Instituto pra muita gente que eu conheço, e fiquei muito contente em participar, vocês estão de nota 10!"



Em apenas 4 horas, as sete meninas superpoderosas retiraram 2.293 itens das areias da Praia do Tombo, que possui o selo internacional de qualidade ambiental Bandeira Azul. Confira a lista por tipo de material:

Bituca de cigarro: 1.550

Isopor: 133

Fragmento de vidro: 102

Haste de cotonete: 96

Tampa de metal: 69

Canudo: 52

Cápsula de droga: 51

Lacre de metal: 49

Tampa PET: 47

Pedaços de rede de pesca: 46

Haste de pirulito: 37

Colher descartável: 15

Lata de metal: 12

Isqueiro: 7

Fragmento de bexiga: 7

Caneta: 4

Parafuso: 3

Garrafa PET: 2

Garrafa de vidro: 1

Rolha de cortiça: 1

Brinquedo: 1

Apito: 1

Chinelo: 1

Alicate de unha: 1

Absorvente interno: 1

Creme dental: 1

Presilha de cabelo: 1

Haste de óculos: 1

Vela de carro: 1



Tudo que foi coletado deu um total de 4,3 kg de resíduos, sendo 2,1 kg de plástico; 0,1 kg de isopor; 0,4 kg de borracha; 0,5 kg de vidro; 0,9 kg de metal e 0,3 kg de outros.



O engajamento das colaboradoras e de nossa equipe contagiou algumas crianças que brincavam na areia. Não demorou muito e lá estavam as pequenas voluntárias nos ajudando a proteger a vida dos animaizinhos que vivem no mar, como elas próprias dizem.



Agradecemos a parceria e confiança da Amdocs, e especialmente, às voluntárias que provaram que a união faz a força e o envolvimento em defender uma causa nobre, a saúde dos oceanos, sempre gera excelentes resultados!


Nossa gratidão à Aline Nanete, foi graças ao empenho dela de reunir a turma com o mesmo propósito que pudemos vivenciar momentos juntos em prol da vida marinha.



"Tenho esta paixão pelo meio ambiente e tento fazer sempre a minha parte. Enxergo a importância da gente se colocar como responsável também, temos uma função enquanto estamos aqui na Terra em contribuir com a melhoria. Aí, na empresa, encontrei um gancho dentro do Green Team, grupo unido para pensar ideias que engajem pessoas a participarem de ações relevantes. Depois de algumas desistências, as poucas que se inscreveram deram a certeza que queriam muito vir, elas entendem que a natureza e nós somos um."



Faz parte da missão do Instituto a pesquisa e o monitoramento, além das atividades voltadas à educação ambiental. E o que nos deixou muito feliz foi saber que a Amdocs chegou até nós por conta da história que construímos nesses quase 15 anos, pela transparência do trabalho que realizamos, do cuidado que temos com a gestão do resíduo e de nossos projetos socioambientais.


"O EcoFaxina é uma das ONGs que eu vinha pesquisando e percebi que tinha um engajamento muito bem feito, um material completo. Tudo é divulgado, sem esconder dados. Então, falei: é esta daqui! É com eles que nós vamos trabalhar. Vocês nos apoiaram no começo, meio e fim. Foi isso que me motivou a trazer a equipe neste mutirão de limpeza, e estamos super felizes!



O Mutirão de Limpeza de Praia Amdocs contou com o apoio da Prefeitura de Guarujá e da Terracom Engenharia.


Sobre a Amdocs

A Amdocs é uma empresa de origem israelense que há 40 anos trabalha com sistemas de software para o mercado telecom. No Brasil, está presente há mais de 20 anos, em três instalações, nas cidades de São Carlos, São Paulo e Rio de Janeiro.


São Carlos foi o município escolhido para ser o inovador Centro de Desenvolvimento e Operações, instalado no Parque Tecnológico. Já no Rio de Janeiro e em São Paulo, ficam os escritórios e, ao mesmo tempo, o contato direto com os clientes.


Hoje, com mais de 600 colaboradores no país, atendem importantes gigantes de Telecom no mundo e do Brasil, fornecendo soluções inteligentes e efetivas que buscam desbloquear o potencial inovador dos clientes, capacitando-os a transformar suas ideias mais ousadas em realidade.



Sobre o Instituto EcoFaxina

O Instituto EcoFaxina é uma associação civil sem fins lucrativos, fundada em 2008 na cidade de Santos para combater a poluição marinha e a degradação de ecossistemas aquáticos por meio da elaboração de projetos, desenvolvimento de pesquisas e promoção de políticas públicas, tendo como estratégia a contenção do resíduo sólido flutuante e a recuperação de áreas de preservação permanente, em parceria com o poder público, comunidades de palafitas e stakeholders.


O Instituto EcoFaxina organiza ações voluntárias para a limpeza de áreas naturais que, além de conscientizar a sociedade sobre as principais fontes geradoras de poluição marinha, são uma ferramenta de pesquisa e ciência cidadã que, por meio da sensibilização do trabalho em equipe, propiciam uma nova perspectiva sobre esse problema ambiental para quem participa ou acompanha os trabalhos.


Desde sua fundação, o Instituto realizou 164 ações, com o envolvimento de mais de 4.000 voluntários que retiraram quase 70 toneladas de resíduos sólidos de ecossistemas aquáticos.


Acesse a página da ação para mais fotos e informações.

1.072 visualizações

Comments


bottom of page